Marca empregadora: use o storytelling e construa a sua.

Saiba como usar o storytelling, a prática de contar histórias, para melhorar sua imagem como marca empregadora.

Muitos recrutadores já sabem que é muito importante o marketing e recrutamento e seleção andarem juntos. Diversas técnicas do marketing podem ser implementadas no recrutamento, como o Marketing de Conteúdo e, melhorar assim o seu Employer Branding, ou seja, sua imagem como marca empregadora.

Umas das técnicas que pode ser bastante útil para torna a imagem da sua empresa como marca empregadora é o Storytelling.

Antes de começar a falar sobre Storytelling, vou reforçar um pouco mais a importância de investir no Employer Branding da sua empresa. Investir nessa estratégia é fundamental para candidatos e clientes perceberam sua empresa como uma marca empregadora, ou seja, um excelente lugar para se trabalhar.

Assim, mais candidatos vão querer candidatar-se a vagas na sua organização e mais clientes vão querer fazer negócios com você, pois irão perceber que você adora boas práticas com os seus funcionários.

Para começar a ter uma boa imagem, chame a atenção dos seus candidatos com um job description impactante, que o faça querer conhecer a sua empresa e fazer parte da equipe.

Outro fator importante para chamar a atenção do candidato é ter uma página de carreiras atrativa e com um layout de fácil visualização, onde dê para ver facilmente todas as oportunidades em aberto.

Mas como usar o Storytelling para construir sua marca empregadora?

 

Storytelling nada mais é do que a prática de contar histórias. Contar histórias de um jeito atraente, que desperte o interesse nas pessoas.

Pense que no marketing, o Storytelling é usado para vender algum produto. Na área de recrutamento e seleção, essa prática será usada para vender a sua empresa. 

Quando eu falo vender a sua empresa, é exatamente mostrar para o mundo que você é uma ótima marca empregadora. Mostrar como é bom trabalhar na sua companhia. Então um bom jeito de começar a usar a prática do Storytelling é colher depoimentos dos colaboradores.

As histórias dos funcionários fazem as pessoas se inserirem no dia-a-dia da empresa e de conhecerem melhor as pessoas que lá trabalham. Vídeos com as histórias dos colaboradores trazem uma imersão muito maior do que apenas navegar pelo site e ver a página de carreiras da empresa.

Além disso, o Storytelling desperta o interesse e a curiosidade das pessoas. Elas vão querer saber mais sobre a história dos colaboradores e da própria empresa. Mais do que isso: Storytelling gera identificação.

Contar histórias traz humanização, aproximando os candidatos a empresa e aos funcionários, além de ser uma experiência mais memorável.

O objetivo do Storytelling é exatamente gerar essa identificação, agarrando a mente e o coração das pessoas. Faça o uso da emoção.

Mas tome cuidado. O vídeo precisa ser convincente e muitas vezes acaba ficando superficial. Por isso, vou dar 4 dicas que são necessárias para um Storytelling arrebatador.

 

  • Seja autêntico - É importante passar verdade e autenticidade, conte uma história real e vivida.

 

  • Dê detalhes - Se é uma experiência vivida, preocupe-se em dar detalhes, assim a história ficará mais interessante e até mais charmosa. Não seja vago, detalhes são exatamente o que fazem a história ficar mais autêntica.

 

  • Desafios - Ao contar suas experiências na empresa e o seu dia-a-dia, foque também nos desafios que você enfrentou e como os superou. Mostre como o candidato poderá crescer na empresa e todo o apoio que seus colegas de trabalho o deram.

 

  • Dicas - Para finalizar, dê dicas para os candidatos. Como você já falou sobre as oportunidades de crescimento dentro da organização, dê conselhos de como ele poderá se sobressair dentro da empresa.

Use o Storytelling e tenha mais chances de atrair os talentos ideais para a sua empresa. Nos próximos artigos falaremos um pouco mais sobre maneiras de melhorar o Employer Branding para se tornar referência como marca empregadora.