Taxa de turnover: aprenda a calcular a da sua empresa.

Se você está tendo muita rotatividade na sua equipe, saiba como calcular a taxa de turnover

No artigo desta semana discorremos sobre tudo o que se perde ao fazer uma contratação errada, como custos com produtividade, financeiros, engajamento dos colaboradores, entre outros. Isso tudo só  faz aumentar ainda mais o turnover na empresa, ou seja, a rotatividade da equipe.

Antes de mostrarmos a fórmula para calcular a taxa de turnover da sua empresa, é importante pensar nas seguintes questões:

  • Nós estamos valorizando o trabalho e o empenho do nosso colaborador?
  • Estamos dando apoio para que ele consiga realizar o seu trabalho com um ótimo desempenho?
  • Todo mundo trabalha em equipe dentro da organização?
  • O ambiente de trabalho é agradável?
  • Seu salário é condizente com o mercado?

São perguntas simples, mas que fazem toda a diferença na hora de analisar as causas de tanta rotatividade na equipe e com a taxa de turnover nas alturas. Para conseguir fazer todas essas perguntas é essencial a realização de uma entrevista de desligamento.

Em geral, as causas de altas taxas de turnover estão relacionadas as causas internas e externas.

Podemos dividir as causas internas em três categorias: controláveis, semi-incontroláveis e incontroláveis.

Controláveis: Como o nome já diz, as controláveis são as causas em que a empresa pode interferir diariamente a fim de melhorar o dia-a-dia do seu colaborador. Alguns exemplos são: remuneração, treinamentos, plano de carreira, ambiente de trabalho agradável, relacionamento com os gestores, reconhecimento do desempenho, entre outros.

Semi-Incontroláveis: Essas causas dizem respeito mais ao perfil do colaborador, ou seja, baixa produtividade, não saber trabalhar em equipe, hábitos negativos.

Incontroláveis: Causas que fogem do nosso controle como mortes e doenças.

Já as causas externas tem mais a ver com crises econômicas, crises políticas, oportunidades de mercado.

Chegou a hora de calcular a taxa de turnover da sua empresa. O ideal é a taxa seja abaixo de 5%. Se for maior do que isso é hora de analisar o que está errado e mudar alguns processos dentro da sua organização.

Para calcular o turnover, tenha em mãos os seguintes números:

  • Número de colaboradores admitidos
  • Número de colaboradores demitidos
  • Número total de colaboradores na sua empresa.

Os passos para o cálculo são fáceis:

1 - Soma as entradas e saídas

2 - Divida o resultado por 2

3 - Depois de dividir, pegue o resultado e divida pelo número total de colaboradores

4 - Multiplique o resultado por 100 e você terá a sua taxa de turnover.

Para ficar ainda mais didático, é só prestar atenção na fórmula a seguir:

TURNOVER =  Fórmula Turnover

Com essa fórmula vai ser possível identificar a taxa de turnover e planejar as ações necessárias. Para ficar por dentro do assunto e perceber como é importante ter uma taxa de turnover baixa e uma imagem de marca empregadora forte, recomendados o artigo sobre Employer Branding.