Vaga de emprego: utilize SEO e faça o seu anúncio aparecer para os candidatos ideais

Utilizando técnicas de SEO, você fará seu anúncio de vaga aparecer nos primeiros lugares em sites de emprego.

O processo de recrutamento e seleção nem sempre é fácil. São várias etapas desde o anúncio de vaga de emprego, recebimento de currículos, triagem, entrevistas, até chegar na contratação que, algumas vezes, pode não ter sido assertiva. Mas o que deu errado? Muitas vezes o anúncio pode não ter sido objetivo, atraindo candidatos que não possuem as competências necessárias e nem fit com a empresa.

Então, como anunciar vagas de emprego ideais e atrair os talentos ideais?

Em artigos anteriores falamos como o marketing de conteúdo pode trazer talentos para sua empresa, melhorando sua imagem como empresa empregadora. Neste artigo, mostraremos mais uma estratégia de marketing digital que vai ajudar os recrutadores e consultorias de RH a trazer mais candidatos qualificados para as vagas certas.

A estratégia de marketing em questão é o Search Engine Optimization, mais conhecido como SEO. SEO são técnicas de otimização para sites, blogs e outras páginas web, a fim de fazer tal página aparecer nos primeiros lugares nos mecanismos de buscas, como Google e Bing, gerando tráfego para o site, visando tornar a marca como autoridade em determinado assunto.

Se o objetivo é fazer o site ou blog aparecer em primeiro lugar, por que não usar essas técnicas para fazer a sua vaga de emprego aparecer antes das outras, atraindo mais candidatos?

Tudo começa na hora de redigir o anúncio da vaga. Ela precisa conter informações claras o suficientes para não atrair os candidatos errados, precisa ser atraente e deve conter um pouco sobre a história da empresa.

Conteúdo básico para a descrição de um anúncio de emprego:

  • História da empresa
  • Funções do cargo
  • Habilidades e Competências necessárias
  • Diferenciais

Agora, passo a passo, vamos dar dicas de SEO para escrever e anunciar vagas perfeitas, aumentando a qualidade das suas contratações.

 

Dicas de SEO para descrição de vagas

 

SEO para descrição das vagas de emprego

Antes de ir destrinchando cada etapa da descrição da vaga, foque na principal técnica de SEO:

 

 

  • Palavras-chaves

 

Palavras chaves

Focar em palavras-chaves são essenciais para que o seu anúncio de vaga apareça na frente de outros quando algum candidato estiver fazendo uma busca.

Por exemplo, se sua vaga for para a área de recursos humanos, foque nessa palavra e em palavras correlatas, como “recrutamento e seleção, gestão de pessoas, gestão de RH, gestão de recrutamento e seleção”, entre outras. Fazendo bastante o uso dessas palavras, a chance da sua vaga aparecer em sites de busca, em redes sociais como o Linkedin e em sites de emprego é bem maior.

Esses foram alguns exemplos de palavras-chaves relacionadas a um determinado termo. Mas é importante dizer que quanto mais objetivo, melhor. Se a sua vaga for para “gerente de recrutamento”, escreva exatamente isso ao invés de somente “recrutamento”.

Para achar outras palavras-chaves relacionadas a sua vaga de emprego e que tenham grandes volumes de buscas, uma dica é usar o Google Trends ou o Keynote Planner. Essas ferramentas te darão as palavras-chaves que estão sendo mais usadas.

Agora vamos para as etapas do processo da descrição da vaga de emprego.

 

Título da vaga

 

É a primeira chamada, onde é necessário atrair o candidato e fazer despertar o desejo de clicar e se candidatar na vaga. É no título que você precisa fazer o candidato se interessar no anúncio de emprego e um título atrativo e objetivo é essencial para isso.

Lembre-se: objetividade. Use as palavras-chaves que mais tem a ver com o cargo que está em aberto. Não coloque simplesmente “vaga de recrutador”, mas sim o nível hierárquico que essa pessoa irá ocupar, junto com alguma habilidade que seja essencial para a função a ser exercida.

Exemplo: você precisa de alguém que tenha experiência na área e saiba mexer no pacote Office. O melhor título para a vaga seria: “Gerente de Recrutamento com experiência de 2 anos na área e pacote Office completo.”

Muito provavelmente você irá receber muito menos candidaturas do que com um título genérico, porém serão candidatos que realmente possuem o perfil da vaga, aumentando as chances de uma contratação assertiva.

 

  • Nomenclatura

 

Muitas empresas possuem suas próprias nomenclaturas para os níveis de cargos. Por exemplo: “Recrutador I, Recrutador II, Recrutador III.”

Por mais que faça sentido dentro da organização, pode parecer confuso para o candidato, fazendo-o desistir de se candidatar na vaga de emprego. Por isso, é aconselhável usar os termos mais conhecidos, como Júnior, Pleno e Sênior na hora de colocar o título da vaga.

 

  • Pense como o candidato

 

Uma estratégia de SEO bastante usada na hora de escolher as palavras-chaves é pensar como o cliente pesquisaria algum produto ou serviço nos mecanismos de busca que, no nosso contexto, seria pensar como o candidato procuraria tal vaga nos sites de emprego.

Mais fácil o candidato fazer a procura escrevendo “Recrutador Sênior” do que “Recrutador Experiente” não é?

Um outro fator que pode interferir na hora do candidato achar alguma vaga é quando as empresas colocam nomes como “recrutador ninja” ou “analista de recrutamento fera”. As empresas fazem isso para mostrar o  seu perfil e como é a sua cultura organizacional e isso é muito interessante, mas como o artigo é sobre otimizar a descrição dos anúncios de empregos para achar os talentos ideais, é necessário avisar que essa prática de colocar títulos de vagas assim, pode prejudicar na hora de ela aparecer para algum candidato.

Isso ocorre porque dificilmente algum candidato vai procurar uma vaga de emprego colocando na busca “recrutador ninja”.

 

Descrição da vaga

 

Descrição da vaga de emprego

Depois de despertar o interesse do candidato e fazê-lo abrir a vaga, está na hora de fazer a descrição perfeita para que ele se encante.

Use e abuse das palavras-chaves, mas claro, sempre de forma coesa. O job description, como já dito anteriormente, vai muito além de simplesmente descrever as funções do cargo. É preciso contar sobre a empresa, seus valores e como é sua cultura organizacional. Descreva quais serão as funções do dia-a-dia do candidato, como seria o perfil do profissional ideal, as habilidades e competências exigidas, local de trabalho e, se quiser, a remuneração salarial.

 

  • História da empresa

 

Falar sobre a empresa e contar um pouco sobre a sua história é fundamental para achar os candidatos que se dariam bem na organização. Muitos erros nos processos seletivos se dão porque a empresa não deixou claro como é a sua cultura e se o candidato não tiver fit com a empresa, dificilmente ele terá um futuro promissor lá dentro.

Mais uma vez, escolha a dedo as palavras chaves que serão usadas para descrevê-la. Escolha as palavras que realmente tenham a ver com a sua cultura, pois só assim você terá a chance de achar um talento que é a cara da sua organização.

Se você é uma empresa mais descolada, use termos relacionados a esse perfil de candidato. Faça a mesma coisa se você for uma empresa mais séria. O importante é que o job description reflita quem você é e que tipo de profissional está buscando.

 

  • Funções do cargo

 

Chegou a hora de fazer realmente o job description, ou seja, a descrição do cargo. É de extrema importância ser claro, objetivo e sucinto. Se a descrição da vaga estiver muito longa, acarretará em dois possíveis finais:

1 - o candidato pode se aplicar a vaga sem ler até o final e o recrutador pode correr o risco de o passar para a próxima fase ou até mesmo contratar alguém que não possui os conhecimentos necessários para a vaga, resultando em perda de dinheiro e tempo.

2 - o candidato pode ter receio de se candidatar e ficar com sobrecarga de funções e a empresa pode perder um possível talento.

Deixar bem claro também quais serão as funções do dia-a-dia evita em perder tempo com candidatos que não dariam conta de todas as atividades direcionadas a ele. Assim, todos os profissionais que se candidatarem serão mais qualificados para aquela posição, aumentando as chances de uma contratação de qualidade.

Para deixar o job description mais atraente para o candidato, pense na linguagem a ser usada e comente sobre como as atividades exercidas pelo profissional vai agregar para a empresa.

Lembre-se: queremos otimizar a descrição para aparecer nos mecanismos de buscas. Mais uma vez, evite termos genéricos para a sua vaga não competir com outras oportunidades similares e acabar sumindo nas páginas de busca. Descrever ferramentas e softwares importantes para a função e para a empresa também pode elevar a sua posição.

 

  • Habilidades e Competências

 

Também conhecidos como requisitos necessários para participar do processo seletivo. Descreva quais são as qualificações necessárias para diferenciar um talento dos demais candidatos.

É nesse campo que vai informações como:

  • Graduação necessária
  • Conhecimento em ferramentas
  • Fluência em tais línguas
  • Certificações
  • Experiências

Aqui é a primeira triagem para selecionar os profissionais desejáveis. Por exemplo, para o cargo de gerente de recrutamento pode ser um requisito saber usar um software de recrutamento e seleção ou ter certificação em alguma ferramenta específica.

Um erro comum que muitos recrutadores comentem nesse campo é colocar como requisitos determinados comportamentos do candidato, focando na personalidade e não verdadeiramente nas qualificações.

 

  • Diferenciais

 

Esse campo também é conhecido como “Desejável”. Essa é a hora de colocar tudo o que não elimina o profissional do processo seletivo de primeira, mas que pode lhe dar um grande impulso no processo.

Por exemplo: intercâmbios, trabalhos voluntários, conhecimentos em ferramentas, saber falar outra língua, fácil acesso a tal região, ter carro, ter CNH, entre outros.

O local de trabalho também precisa ser informado, pois é uma poderosa palavra-chave. Às vezes, o candidato só coloca no campo de busca a região onde mora para achar empregos perto de sua casa. Assim, se sua organização for perto da região dele e estiver descrito na vaga, seu anúncio já subiu algumas posições.

O anúncio da vaga ainda pode ter outros campos como salário e benefícios. Quanto mais informação, mais fácil de despertar o interesse do candidato. Mas nunca se esqueça de ser muito objetivo e claro.

O SEO ajuda demais o seu conteúdo a aparecer nos primeiros resultados de busca e acontece o mesmo com o seu anúncio nos sites de emprego. Por isso, procure e use as melhores palavras-chaves e seja claro no seu conteúdo, pois assim você já terá grandes chances de elevar a sua posição nesses sites.

Além disso, com informações claras sobre quem é o seu profissional ideal, achar um talento será muito mais fácil.

Um software de recrutamento e seleção também ajuda demais nesses processos. Através de um sistema de gestão é possível consultar sua base de candidatos, anunciar novas vagas e usar filtros inteligentes para achar mais facilmente o profissional certo para a sua empresa.

Otimizar todo esse processo e ter uma base de currículos organizados dentro da plataforma ajuda muito toda a equipe de recrutamento e seleção.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre a nossa ferramenta, solicite uma demonstração. E se quiser saber quando sair artigos novos, assine nossa Newsletter.

Agora é só fazer o job description perfeito!